Bahiater realiza mutirão de DAPs durante Festival da Laranja

Emissão, renovação e palestra sobre os benefícios da Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP/Pronaf). Esses foram os serviços prestados para agricultores familiares e assentados da reforma agrária, do município de Conde, pela equipe da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), unidade da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). A ação realizada no último domingo (09/06), por técnicos na Bahiater do Território Litoral Norte e Agreste Baiano, integrou a programação da 2ª edição da Festa da Laranja, realizada no último domingo (09), no município de Conde.

A DAP é o documento que assegura ao agricultor familiar a possibilidade de acessar diversas políticas públicas, a exemplo do Pronaf, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o serviço de assistência técnica e extensão rural (Ater). A Bahiater/SDR é o órgão do Estado responsável pela emissão da DAP.

Jessé Mota, agricultor familiar do Assentamento Paraíso, no município de Conde, participou do evento para renovar seu documento.  “A DAP é nossa identidade. Sem ela não conseguimos comprovar que estamos em produção. Ela nos abre portas para acessarmos financiamento como o Pronaf. Ela traz prosperidades para nós”.

Éneas Lima, coordenador da Bahiater no Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar (SETAF), Litoral Norte e Agreste Baiano, situado em Alagoinhas, explica que a participação na feira permite o estreitamento de laços entre a Bahiater e os assentados, em prol do fortalecimento da agricultura familiar do território, considerado o principal polo citricultor da Bahia: “Os agricultores desta região, em sua maioria, tem muita dificuldade de ir à sede dos municípios fazer a DAP. Ocuparmos estes espaços de troca de experiência e de diálogo faz parte da nossa estratégia, com foco no desenvolvimento da agricultura familiar”.

ImprimirPDF
Compartilhe: