Agricultura familiar é destaque na 3º edição da Expo Paraguaçu em Itaberaba

A força da produtiva do rural baiano, presente em 23 municípios, marca presença na 3º Edição da Expo Paraguaçu e Feira Territorial da Agricultura Familiar, realizada em Itaberaba, cidade conhecida popularmente como “a terra do abacaxi” devido ao vasto volume de produção do fruto. O evento, que teve início nesta sexta-feira (22), no Parque do Horto Municipal, na BR 242, segue até este domingo (24), e tem a expectativa de receber 16 mil pessoas.

 A Expo Paraguaçu tem apoio do Governo do Estado, via Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater). Nesta sexta-feira (21), Governador Rui Costa e sua comitiva, durante agenda em Itaberaba, visitou os estandes da agricultura familiar e provou alguns alimentos da produção rural e, em especial, a jaca desidratada, feita pela Cooperativa dos Produtores de Abacaxi de Itaberaba (Coopaita).  “O governador é um grande incentivador da agricultura familiar e receber essa visita ilustre é importante para a gente mostrar que o trabalho em parceria e com união vem dando certo”, salientou Josaniel Oliveira, diretor fiscal da Coopaita.

Wilson Dias, diretor-presidente da CAR, integrou a comitiva do governador e observou que a Expo Paraguaçu é “um evento maravilhoso de Itaberaba, onde a gente posiciona a agricultura familiar dentro do cenário econômico do território. Normalmente, em muitas feiras do agronegócio, não existia um espaço para a agricultura familiar, e isso está se modificando a cada dia, demonstrando que o agronegócio e agricultura familiar podem conviver bem, todos os dois ganham, geram riquezas e oportunidades de comercialização”.

 Fabrício Martinez, secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente,  contou que foi “inspirado na estrutura e organização da Feira da Agricultura Familiar promovida pela SDR/CAR que fizemos a nossa aqui em Itaberaba”. Segundo ele,  a expectativa de movimentação financeira com a  Expo Paraguaçu “é de cinco milhões durante os quatro dias de atividades”.

 Comercialização

Artesanato, produtos derivados do abacaxi, jaca, caju e outras frutas, hortaliças, panelas de barro, feira orgânica, feira de negócios, festival gastronômico e outras atrações são encontradas Expo Paraguaçu, até domingo (24).

 Elisabete Costa, diretora de Agregação de Valor e Acesso a Mercado da Superintendência da  Agricultura Familiar (SUAF/SDR), informou que a estratégia de comercialização tem sido trabalhada pela SDR, “de forma consistente,  para viabilizar a venda dos produtos da agricultura familiar. A participação em feiras tem crescido bastante, pois é uma oportunidade para comercializar os produtos, principalmente para aqueles que ainda não estão organizado em cooperativas. Nota-se que, a partir daí, eles se motivam a qualificar mais ainda sua produção,  consequentemente,  buscar outros mercados para ter mais renda”.

 Mudas

Como parte das ações de apoio da SDR/CAR à Expo Paraguaçu, foram entregues 12.000 (doze mil) mudas frutíferas e essências florestais,  beneficiando 50 agricultores familiares cadastrados no Sistema de Solicitação de Mudas e Sementes – SSMS, solicitado pela prefeitura municipal de Itaberaba.

Galeria
22/03/2019

Agricultura familiar é destaque na 3º edição da Expo Paraguaçu em Itaberaba

Galeria de Fotos

ImprimirPDF
Compartilhe: