Equipe técnica da Bahiater se reúne em Salvador

A equipe técnica da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), unidade da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), se reuniu nesta terça (27) e quarta(28), em Salvador, para realizar o balanço das ações que vêm sendo desenvolvidas, além de propor encaminhamentos necessários para dar mais celeridade aos trabalhos executados pelo órgão. 
 
Durante a avaliação, que contou com a participação dos coordenadores e sub-coordenadores dos Serviços Territoriais de Apoio à Agricultura Familiar ( (Setaf), dos 27 Territórios de Identidade, foram discutidas, além das pautas da Assistência Técnica e Extensão Rural(ATER), as possibilidades de ampliar a transversalidade dos trabalhos realizados pela Bahiater junto à Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA).
 
Para Célia Watanabe, superintendente da Bahiater, “o diálogo constante é fundamental, pois permite qualificar os serviços da Bahiater nas suas diferentes linhas de atuação, buscando, cada vez mais, contribuir com o fortalecimento da organização social e produtiva da agricultura familiar no estado da Bahia”.
 
Presente na atividade, a coordenadora executiva da CDA, Renata Rossi, falou sobre as novas condições para acesso ao Programa Nacional do Crédito Fundiário (PNCF) e as estratégias utilizadas para ampliar as ações de Regularização Fundiária na Bahia. 
 
Rossi destacou a importância da atividade para o fortalecimento do meio rural: “É uma agenda estratégica pois ajuda a unificar as ações da Secretaria de Desenvolvimento Rural nas suas dimensões territoriais, no âmbito dos Serviços Territoriais de Apoio à Agricultura Familiar, que contam com um corpo profissional muito qualificado e disposto a fazer avançar as políticas públicas do desenvolvimento rural”. 
 
Fabiana Longo Ribeiro, subcoordenadora do Setaf Extremo Sul, situado em Teixeira de Freitas, considera que: “a integração estreita relações com todas as áreas da SDR, por permitir dialogar sobre as dificuldades e nos possibilitar apresentar propostas que resultam na qualificação do nosso trabalho. Estamos chegando há mais um ano com resultados positivos”.
 

Para Davi Andrade Santos, do Setaf do Semiárido Nordeste II, com sede em Ribeira do Pombal, o encontro permitiu “discutir as ações que irão melhorar as atividades do Setaf nos territórios. Foi um momento importante porque podemos relatar o quanto é importante firmarmos parcerias internamente para beneficiar, por exemplo, nossos agricultores familiares que estão nos assentamentos, por meio do Programa Nacional do Crédito Fundiário “.

ImprimirPDF
Compartilhe: