Processamento de frutas gera renda para famílias do município de Caém

Famílias agricultoras do município de Caém, Território de Identidade Piemonte da Diamantina, encontraram nova fonte de renda no processamento das frutas nativas da região e produzidas nos seus próprios quintais. Apoiadas pelo Governo do Estado, por meio do projeto Pró-Semiárido, as famílias formaram o grupo Sabores da Caatinga, e passaram a produzir licores, doces, geleias, cocadas, polpas e picolés. O Pró-Semiárido, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa ligada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e cofinanciado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), viabilizou a aquisição de equipamentos, as capacitações, e irá iniciar a reforma de estrutura doada ao grupo para adequar a planta às normas sanitárias.

Como etapa para construção do cardápio de produtos do Sabores da Caatinga, comercializados em feiras livres, eventos, sob encomenda e utilizando as redes sociais, o projeto realizou oficina para fabricação de receitas e a agregação de valor, conduzida pela engenheira agrônoma, especialista em processamento de alimentos, Elionara Souza. “Nosso objetivo principal é mostrar para as famílias que eles podem aproveitar os frutos dos seus quintais e com isso verticalizar a produção, melhorar a sua renda e a qualidade de vida do/da agricultor/a”, explicou.

A Agente Comunitária Rural Izabel Silva acompanha o grupo desde a sua formação e fala das ações do projeto nas comunidades em que ela atua, com foco na preservação da Caatinga e na utilização dos produtos da região para empoderamento dos grupos produtivos. “O grupo Sabores da Caatinga está utilizando as frutas nativas para produzir, o que tem ajudado a melhorar a renda das pessoas, fortalecido as famílias e as perspectiva de permanência no campo”, destacou.

Gicelma mora na comunidade Poções e está feliz em participar do grupo: “A participação no grupo formado pelo Pró-Semiárido tem nos ajudado a obter muitos conhecimentos novos. Nós temos feitos cursos, intercâmbios, o que tem nos ajudado a produzir melhor, sem utilizar produtos químicos, sem veneno”. 

Galeria
30/04/2021

Processamento de frutas gera renda para famílias do município de Caém

Galeria de Fotos

ImprimirPDF
Compartilhe: