Equipe da SDR realiza visitas técnicas a empreendimentos apoiados pelo Governo do Estado no Baixo Sul

Uma equipe da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) realizou, nesta terça-feira (15), visitas técnicas a empreendimentos da agricultura familiar, no município de Gandu, Território de Identidade Baixo Sul. O objetivo principal é o acompanhamento de ações e articulações voltadas para o desenvolvimento dessas organizações.

Uma das visitas ocorreu na sede da Associação do Desenvolvimento do Baixo Sul (Adebasul), no município de Gandu, onde está em fase de final de execução, as obras de requalificação de uma Unidade Polivalente de Beneficiamento de Frutas, com capacidade de processar entre 30 e 40 toneladas de frutas por dia. A inauguração está prevista para o mês de dezembro de 2020, quando será apresentada também a cooperativa que está sendo formada para fazer a gestão desse equipamento. A ação, realizada por meio do edital de Fruticultura do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR), beneficia diretamente cerca de 200 famílias agricultoras filiadas.

“Durante a visita foi possível verificar o andamento das obras e foi realizada uma reunião com as diversas instituições que de alguma forma estão envolvidas no processo de produção e escoamento da produção. O objetivo é potencializar a atividade e a comercialização da produção dessa unidade de processamento, com a participação de parceiros como a Prefeitura Municipal e da possibilidade de articulação para a formação de uma rede de prefeituras da região, para a realização da compra desses produtos, via mercado institucional, a partir de 2021, especialmente para a rede de escolas, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)”, explicou Jeandro Ribeiro, chefe de Gabinete da SDR. 

A outra atividade foi realizada com a Cooperativa de Produtores de Leite da Região de Gandu (Coolerg), onde foi realizada uma reunião para tratar sobre um acordo de parceria com a SDR, por meio da CAR, que envolve também a Prefeitura local e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Sistema da Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Senar/FAEB). O objetivo é a concepção e execução de um novo laticínio, que atenda à demanda atual dos 86 cooperados, produtores de leite. A unidade terá a capacidade de processar até 10 mil litros de leite por dia, que deverá também fazer parte da alimentação escolar, de municípios da região.

A programação contou também com a participação de técnicos da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater/SDR), que atuam no Território Baixo Sul.

ImprimirPDF
Compartilhe: