• Portarias da Secretaria de Desenvolvimento Rural

Agricultura Familiar

28/12/2018 17:12

Governador visita Indústria de Chocolate no Litoral Sul da Bahia

A cacauicultura é uma cadeia estratégica para o desenvolvimento rural da Bahia e o Governo do Estado tem investido neste segmento, com o objetivo de potencializar o processo produtivo desde a lavoura até o beneficiamento. Nessa perspectiva, o governador Rui Costa, nesta sexta-feira (28), esteve no município de Ilhéus e visitou uma Indústria de Chocolate da Bahia (ICB), instalação que faz parte Plano Operacional para o Cacau e Chocolate da Bahia 2018 – 2022.

O plano atende cerca de 20 mil agricultores, prevê o desenvolvimento de ações estratégicas que permite elevar, em cinco anos, a produção de cacau na Bahia para 240 mil toneladas/ano, até 2022, e consolidar a fabricação de chocolates finos, com certificado de origem no Sul da Bahia, por meio da instalação de 20 agroindústrias. Os investimentos do Governo do Estado no plano devem atingir R$ 80 milhões.

Chocolate

O titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues, acompanhando a visita do governador ao Centro Industrial de Ilhéus, localizado no Km 0, da Estrada do Chocolate, explicou que a unidade de beneficiamento do cacau visitada é localizada em um espaço cedido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Na unidade é realizado o processo de beneficiamento da amêndoa do cacau e produção de chocolate de marcas como a CHOR e a Sagarana. Rodrigues observa ainda que agricultores familiares ou empresários que precisarem processar a amêndoa do cacau para transformar em chocolate poderão pagar uma taxa e utilizar as instalações.

"A iniciativa surgiu a partir de uma preocupação do Governo do Estado em fortalecer a cadeia produtiva do cacau e chocolate, que está sendo fortalecida com o Plano Operacional, lançado no último mês de novembro, que prevê ações integradas com diversas secretarias de Estado, a exemplo das secretarias de Turismo (Setur), Educação (SEC) e Infraestrutura (Seinfra). É um prazer fechar o ano de 2018 e esses quatro anos de gestão do Governo do Estado, com essa visita à cadeia produtiva do cacau, que é estratégica para a SDR.

O Governo do Estado também investiu na Estrada do Chocolate, que permite um roteiro turístico por fazendas de cacau pela Rodovia BA-262, entre Ilhéus e Uruçuca. Os visitantes podem percorrer sítios históricos, rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental. O roteiro inclui ainda as fábricas do Parque Moageiro de Cacau, no Distrito Industrial de Ilhéus; fazendas com fábrica de chocolate gourmet; fazendas de cacau com acervo histórico-arquitetônico; Estação Rio do Braço; da sede do antigo Distrito de Ilhéus e a Biofábrica do Cacau, dentre outros atrativos.

Ponte Ilhéus-Pontal
Ainda em Ilhéus, Rui conferiu as obras da Ponte Ilhéus-Pontal, que está 55% concluída e a previsão de entrega é para o segundo semestre de 2019. A construção vai ligar o centro urbano de Ilhéus, no Sul do estado, à zona sul da cidade, no trecho da BA-001 entre a Praia do Cristo e o Morro de Pernambuco, passando sobre a Baía do Pontal. Essa foi a última agenda do ano no interior do estado.

Ponte

A vistoria do canteiro de obras contou com a equipe técnica da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e o titular da pasta, o secretário Marcus Cavalcanti. A primeira ponte estaiada - suspensa por cabos - da Bahia reúne investimentos de mais de R$ 98 milhões. Com 533 metros de comprimento e 24,6 metros de largura, o projeto inclui passeio, canteiro central, uma ciclovia e pista dupla nos dois sentidos, além de um acesso viário ao Centro e Litoral Sul, com cercas de 2,7 quilômetros, que também está em execução.

“A obra já está com toda parte de acesso e estrutura concluídas, e em fevereiro vamos começar o lançamento dos estais, que são os cabos que sustentam o vão central da ponte”, afirmou o secretário de infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

Além de se tornar um novo cartão-postal, a ponte vai beneficiar cerca de 511 mil moradores de Ilhéus, Itabuna, Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca. A economia da região também terá ganhos com o desenvolvimento do turismo, com a atração de novos empreendimentos e o escoamento da produção agrícola, principalmente a do cacau.

As visitas contaram com a presença do vice-governador, João Leão, parlamentares, prefeitos, secretários estaduais e outras lideranças regionais.

Com informações Secom-BA
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.