• #
  • Resultados.
  • Portarias da Secretaria de Desenvolvimento Rural

Agricultura Familiar

02/12/2018 17:12

Cozinha Show se despede com tacos de cabrito e paletas assadas do Território de Identidade Bacia do Jacuípe

Tacos de cabrito com paletas assadas. Essa foi a receita que encerrou, com “chave de ouro”, as programações da Cozinha Show: Sabores e Saberes da Agricultura Familiar na 9ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária. O prato deste domingo (02) foi preparado com ingredientes da cultura sertaneja de Pintadas, do Território de Identidade Bacia do Jacuípe, em mais uma aula única, que mistura sabor e a origem dos alimentos.

“A receita é de taco, de origem mexicana, regionalizado com cabrito, para mostrar as possibilidades que tem essa carne. O preparo tem ainda a chamada PANC (plantas alimentícias não convencionais) trazidas por Emanuela Terra Nova, do Portal do Sertão”, explica a chef responsável pela receita, Bruna Moreira, da Amoreira Charcutaria Artesanal. O prato foi apresentado a estudantes do Centro Universitário UniRuy/Wyden.

Para Bruna Moreira, a Cozinha Show se destacou, ao longo da feira, pela troca de experiências e informações. “Esse espaço é muito importante, porque une as cadeias: o produtor, o cozinheiro e o consumidor final. A troca de experiências e informações e a possibilidade de a agricultura familiar crescer junto com a cozinha ficaram evidentes. Sempre fazemos questão de utilizar produtos da agricultura familiar, porque vemos potencial enorme nas preparações”, frisa.

Encerramento – Ao longo da edição de 2018, passaram pela Cozinha Show chefs renomados de movimentos que celebram os produtos da agricultura familiar em suas receitas sofisticadas. Marina Sabino, João Victor Andrade, Larissa Carvalho, José Morchon, Ícaro Rosa e Caco Marinho, além de Bruna Moreira, passaram pela cozinha durante a semana.

A Cozinha Show foi realizada pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a Coordenação de Pesquisa, Inovação e Extensão Tecnológica (Cepex). A iniciativa promoveu a interação entre a gastronomia, a origem dos alimentos e a educação profissional.

“Foi surpreendente. Uma semana de integração, conhecimento e emoção. Por aqui passaram povos tradicionais, povos de terreiro, pescadores, quilombolas, indígenas, agricultores, ribeirinhos, trazendo seus próprios produtos. Junto com isso um público espetacular, ávido por saber de maiores informações, para conhecer a realidade dos povos tradicionais e o chefs de cozinha também dando esse retorno, preparando pratos a partir da história dos produtos que aqui estavam. Tivemos professores emocionados ao ver que os alunos estão aprofundando o seu conhecimento e tendo contato com a origem dos alimentos. Agradecemos à CAR, à SDR e a Caco Marinho por esse apoio e incentivo”, comemora Helca Lícia Silva Alves, da Cepex.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.