• #
  • Resultados.
  • Portarias da Secretaria de Desenvolvimento Rural

Agricultura Familiar

02/12/2018 17:12

Agricultores familiares baianos recebem certificação

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf), realizou, neste domingo (02), no Parque de Exposições, a entrega de 10 Selos da Agricultura Familiar. Só no ano de 2018 foram entregues 380 selos. Com essas entregas, o Estado alcança a marca de três mil. A iniciativa, que contou com a presença de dirigentes da SDR, representantes de associações e cooperativas dos 27 Territórios de Identidade da Bahia, e do senador Jaques Wagner, integra a programação da 9ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária, o maior evento da agricultura familiar do Brasil, que acontece em paralelo à 31ª Fenagro.

“A entrega desse selo de número três mil dá a gente um conforto de que andamos bastante, mas sabendo que temos que duplicar, porque a Bahia não tem só três mil entidades ou produtos da agricultura familiar, com capacidade de ter esse selo, e isso nos impulsiona a fazer muito mais”, declarou o titular da SDR, Jerônimo Rodrigues.

Renilda Conceição dos Santos, da Cooperativa dos Agricultores Familiares do Baixo Sul (Cooperbasul), de Ituberá, que trabalha em parceria com a Associação Beneficente de Pesca e Agricultura de Ituberá (APBAGI), destacou que é uma grande satisfação receber o selo: “Vai ajudar bastante no desenvolvimento da cooperativa, que conquista o selo para os mais de 17 tipos de polpas de frutas e o sorvete de açaí. Então, vai ser um grande ganho de negócios para os agricultores familiares”.

Durante o encontro, foram lançadas as cartilhas Boas Práticas de Fabricação para a Agroindústria Familiar, que contém os procedimentos operacionais padrão para a higiene e limpeza na agroindústria e a outra da qualidade para o produto final.

Produtos premiados

O Selo da Agricultura Familiar foi entregue ainda à Cooperativa dos Apicultores do Oeste Baiano, que foi uma das entidades selecionadas no Concurso de mel realizado pelo Centro Tecnológico Agropecuário do Estado da Bahia (Cetab), durante a Fenagro. O concurso premiou ainda, entre os inscritos, o mel produzido pelas cooperativas dos Apicultores de Ribeira do Pombal (Cooarp) e dos Apicultores de Campo Alegre de Lourdes (Coapical), que já possuem o Selo de Inspeção Federal (SIF).

A farinha de mandioca produzida pela Associação Comunitária Quilombola Bete II, do município de São Gonçalo dos Campos, Território Portal do Sertão, que também recebeu a certificação, foi a 1ª colocada no Concurso de Farinha de Mandioca do Cetab, A representante da associação, Alvanira de Jesus, declarou orgulhosa que foi muito bom ter a farinha produzida por 52 famílias da comunidade ganhando visibilidade: “Nós produzimos farinha de qualidade, orgânica, com amor, em primeiro lugar, e também com cuidado na produção desde o plantio da mandioca até o preparo da farinha. O nosso sonho é termos a uma casa de farinha própria”.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.