• Portarias da Secretaria de Desenvolvimento Rural
  • Chocolates da Agricultura Familiar

Agricultura Familiar

16/05/2018 19:05

Encontro reafirma importância da política de ATER para agricultura familiar

A assistência técnica e extensão rural (ATER) é um dos pilares de sustentação do desenvolvimento rural. Entendendo a importância desse trabalho, que envolve um conjunto de ações estruturantes, a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), encerrou nesta quarta-feira (16), no Hotel Fiesta, em Salvador, o Encontro Estadual de ATER, que teve por objetivo refletir, debater, monitorar e planejar as iniciativas que dialogam com os Serviços de ATER.

O evento teve dois dias de duração reuniu mais de 260 pessoas, entre elas representantes de organizações e movimentos sociais representativos da agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais, dirigentes de instituições executoras de serviços de ATER, gestores públicos e técnicos extensionistas.

O secretário da SDR, Jerônimo Rodrigues, destacou que um encontro de ATER, neste momento atual de conjuntura política, alimenta o debate sobre a importância de investir em assistência técnica. “No encontro foi realizado um balanço das ações do Governo do Estado sobre os serviços de ATER e os avanços nas inclusões de mulheres, jovens, quilombolas e indígenas nas políticas executadas de forma participativa, cuidando da transição agroecológica”.

Célia Watanabe, superintendente da Bahiater, disse que o encontro serviu para analisar a forma como o trabalho de ATER vem sendo construído e executado no estado: “Durante esses dias foi possível aprofundarmos o tema e perceber o que cada segmento pensa, quais são as demandas, como agem os envolvidos no serviço de assistência técnica e quais as formas de financiamento, e ainda reafirmar a importância de uma ATER agroecológica”.

Watanabe também informou que “o Encontro Estadual de ATER pautou alguns encaminhamentos como: a  consolidação do Sistema Estadual de Ater, garantir a continuidade dos serviços de assistência técnica, os avanços no monitoramento de dados qualitativos e quantitativos, para que tenhamos um rural mais sustentável e justo para todos e todas”.

A voz do rural
Lindineide Carneiro, da comunidade rural de Bela Vista, no município Rafael Jambeiro, afirmou que o evento foi produtivo e poderia acontecer com mais frequência: “A assistência técnica mudou a visibilidade da nossa comunidade e hoje estamos organizados em grupos de mulheres, de jovens e de homens. O nosso sentimento é de que outros encontros aconteçam para o crescimento de outras famílias agricultoras".

Já Luis Pinto, da Associação de Mucugê, município de Mata de São João, observou: “esse encontro me dá uma perspectiva a mais do que já aprendi e me ajuda a melhorar a administração do serviço de ATER na associação e na comunidade, de forma que elas sejam prósperas”.

Confira a galeria de fotos no Flickr da SDR
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.