• #
  • Portarias da Secretaria de Desenvolvimento Rural
  • Chocolates da Agricultura Familiar

Agricultura Familiar

12/04/2018 15:04

Castanha de Caju produzida por agricultores familiares de Ribeira do Pombal é destaque do #PapoCorreria

As amêndoas castanhas de caju, produzidas por agricultores familiares da Cooperativa da Cajucultura Familiar do Nordeste da Bahia (Cooperacaju) foram apresentadas, nesta quinta-feira (12), no programa #PapoCorreria, do governador Rui Costa, canal direto de comunicação entre os internautas transmitido ao vivo pela redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Com sede em Ribeira do Pombal, a cooperativa conta com 750 cooperados e comercializa amêndoas de castanhas de caju naturais, fritas e salgadas, além de um mix com amêndoas de castanha de caju, abacaxi e banana desidratada.

A capacidade instalada de produção é de 110 toneladas de amêndoas beneficiadas e toda a comercialização é feita por meio da Central de Comercialização localizada no município de Ribeira do Pompal.

A Cooperacaju desenvolve um projeto social de beneficiamento de amêndoas da castanha de caju com base nos princípios da economia solidária e da sustentabilidade do semiárido do Nordeste da Bahia com uma área de atuação que abrange os municípios de Água Fria, Antas, Banzaê, Biritinga, Cícero Dantas, Cipó, Euclides da Cunha, Fátima, Heliópolis, Itapicuru, Jeremoabo, Lamarão, Nova Soure, Novo Triunfo, Olindina, Quijingue, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Sátiro Dias, Sítio do Quinto e Tucano, sendo sete unidades de beneficiamento.

O diretor-presidente da Cooperacaju, Ícaro Renê Santos, observou que a participação no #PapoCorreria ajuda a divulgar e incentivar a agricultura familiar: “Muita gente ainda pensa que agricultura familiar é fruta e verdura. O governador está mostrando pra Bahia a riqueza e a variedade dos nossos produtos”.

Durante o programa, Ícaro destacou que a cooperativa conta com apoio do Governo do Estado. “Tivemos muitos apoios do Governo, dentre eles o acesso a um convênio de assistência técnica para treinamento de nossos agricultores cooperados e a aquisição das nossas tão sonhadas máquinas automáticas de corte de castanha de caju. Também fomos contemplados no edital de fruticultura do projeto Bahia Produtiva, com valor aproximado de 1,4 milhões”.

O governador lembrou que o Bahia Produtiva está com as inscrições abertas até o dia 4 de maio, pelo site: www.car.ba.gov.br, e prevê investimentos de R$ 60 milhões no potencial produtivo do rural baiano. Este é primeiro edital na Bahia de apoio às associações e cooperativas da agricultura familiar, tendo como foco a relação comercial destas cooperativas e associações com compradores do setor privado, incentivando a inclusão no mercado e atraindo empresas privadas para as oportunidades de negócio.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.