• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Edital de Mudas e Sementes

Desenvolvimento Rural

06/12/2017 23:12

Jacobina é sede do Encontro de Agricultores e experimentadores

Com o tema “Convivência com o Semiárido, Agroecologia e Agricultura Familiar: desafios e perspectivas" teve início, nesta quarta-feira (06), o 6º Encontro de Agricultores/as Experimentadores/as, no município de Jacobina, com objetivo de valorizar e propiciar trocas de experiências agroecológicas e da economia solidária entre famílias agricultoras.

O Encontro foi promovido pela Cooperativa de Trabalho e Assistência à Agricultura Familiar Sustentável do Piemonte (Cofaspi), com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), e da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA).
Estiveram presentes o secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, e o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Wilson Dias.

Representando o governador Rui Costa, o secretário da SDR, Jerônimo Rodrigues, afirmou que a representatividade de agricultores e entidades presentes no evento mostram o tamanho da celebração. “Esse 6º encontro traz uma revelação de força, experiência, inteligência e é uma referência de esperança. Em um momento como esse, em que nos encontramos para trocar experiência, mostramos que trabalhar em silêncio funciona. A Cofaspi contribui, sem alardes, na organização de agricultores, contribuindo para o fortalecimento da agricultura familiar e do associativismo”.

Estiveram presentes cerca de 300 agricultores, além de visitantes da região, que participaram de debates e intercâmbio em comunidades rurais e oficinas temáticas.

O diretor-presidente da COFASPI, Leonardo Lino, afirmou que é preciso refletir sobre os avanços, a conquista de direitos sobretudo no Semiárido: “A importância do debate é perceber que por interesse particular de grupos que estão à frente do poder econômico do país, o acesso a direitos e políticas foram retirados dos agricultores e agricultoras. Então, precisamos fortalecer o debate político nas comunidades e organizações para que a gente possa continuar lutando por esses direitos”.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.