• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Edital de Mudas e Sementes

Agricultura Familiar

08/09/2017 20:09

Governo entrega tratores e assina convênios para fortalecer o desenvolvimento rural

O Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), entregou nesta sexta-feira (08), a prefeituras e associações de agricultores familiares, de diversos municípios baianos, 15 tratores com implementos agrícolas, com investimento de mais de R$ 1,4 milhão. O ato de entrega, que contou com a presença do governador Rui Costa, do secretário SDR, Jerônimo Rodrigues, parlamentares e representantes da Prefeitura Municipal de Belo Campo, entre outras autoridades locais e regionais, aconteceu na Praça João Ferreira, município de Belo Campo, Território Sudoeste Baiano.

O governador também autorizou à SDR/CAR a celebrar convênios na ordem de R$ 770 mil, no âmbito do projeto Bahia Produtiva, para investimento na cadeia produtiva da mandiocultura e em projetos socioambientais, beneficiando 87 famílias.

Para o titular da SDR, Jerônimo Rodrigues, os tratores, que têm a entrega consolidada pelas emendas parlamentares, por meio de um trabalho realizado em parceria entre deputados e Governo do Estado, irão fortalecer a agricultura familiar e dar uma dinâmica diferente no preparo de solo, aragem, gradagem, transporte: “Tudo isso é em prol do fortalecimento da agricultura familiar no estado da Bahia”.

Rodrigues destacou que os convênios do Bahia Produtiva são voltados à agroindústria, com o apoio à cadeia da mandiocultura, criação de galinha caipira e pequenos fabricos: “Estamos seguindo a determinação do governador Rui Costa de fortalecer a base produtiva da agricultura familiar, com qualificação, para que a produção possa garantir a segurança alimentar e nutricional, e gerar renda para essa população que vive no campo”.

Josélia Ferreira, da Associação de Moradores de Vila do Café, do município de Encruzilhada, conta que na comunidade rural eles cultivam, além do café, feijão e milho: "Nossa produção vai melhorar porque agora a população vai ter um equipamento para estar desenvolvendo esse trabalho". A agricultora confirma que o equipamento ajudará no trabalho que antes era feito de forma braçal e também facilitará a ampliação e comercialização da produção.

Os veículos, contendo kits de implementos agrícolas com Arado Reversível, Carreta Agrícola, Guincho Hidráulico, Grade Niveladora Hidráulica, Cultivador/Escarificador, Compressor de Ar, Lubrificador de Graxa, Macaco Hidráulico, foram entregues a representantes de associações e prefeituras dos municípios de Condeúba, Vitória da Conquista, Belo Campo, Piripá, Cordeiro, Boninal (2), Barra da Estiva, Ituaçu, Anagé (2), Cândido Sales, Encruzilhada, Tremedal e Santa Maria da Vitória.

Os recursos utilizados para a aquisição dos tratores têm origem nas emendas parlamentares dos deputados estaduais Fabíola Mansur, Fabrício Falcão, Hildécio Meireles, Leur Lomanto, Luciano Ribeiro, Marquinho Viana, Nelson Leal, Pablo Barrozo e Vitor Bonfim. Os equipamentos são destinados à otimização dos trabalhos de preparo de solo, plantio e colheita dos agricultores familiares dos municípios contemplados.

Assinatura de convênios

Para o presidente da Associação de Jatobá, Osmar José da Silva, o Bahia Produtiva significa desenvolvimento para a comunidade: “Serão beneficiadas, diretamente, 20 famílias com a entrega de mudas/manivas, de mandioca, com qualidade genética e resistência a doenças e pragas, com assistência técnica e extensão rural (ATER) e um sistema de irrigação, para a época da seca”. O presidente da associação conta que, com os longos períodos de estiagem, as famílias perdiam grande parte da produção, mas com a chegada do projeto e do acompanhamento técnico, a expectativa é de melhorar a produção e a qualidade de vida das famílias.

Januclecio Abade Moitinho, presidente da Associação de Lagoinha e Região, ressalta que o Bahia Produtiva tem ajudado as famílias da comunidade e que os associados só têm a agradecer. Na comunidade serão implantados 20 galinheiros: “Vejo no rosto de cada um dos beneficiários a fé que esse projeto vai ajudar a suprir, em vários aspectos, as necessidades dessas famílias, por isso agradecemos ao Bahia Produtiva e a todos os que nos ajudaram direta ou indiretamente. Muito grato em nome de todos os sócios”. A Associação de Lagoinha e Região já havia sido atendida pelo Governo do Estado com a implantação de cisternas residenciais, o que beneficiou, diretamente, 60 famílias.

Bahia Produtiva
O Bahia Produtiva é voltado para financiar projetos de inclusão produtiva e acesso a mercados, socioambientais, de abastecimento de água e esgotamento sanitário. No projeto, que terá um período de execução de cinco anos, estão sendo investidos, desde 2015, US$ 260 milhões.

Já foram selecionados 502 empreendimentos em toda a Bahia, nos oito editais lançados, totalizando um investimento de R$ 163 milhões, que está beneficiando diretamente mais de 17 mil famílias.

Para o Sudoeste Baiano, nos primeiros oito editais, o total de investimentos é de mais de R$ 10 milhões, em convênios que estão sendo assinados com 29 entidades representativas da Agricultura Familiar, beneficiando diretamente 1.244 famílias de agricultores e agricultoras familiares.

Consórcios
Ainda em Belo Campo, o governador Rui Costa se reuniu com prefeitos de 29 municípios baianos, para discutir sobre a importância dos consórcios interfederativos nas áreas de saúde e infraestrutura.

Presente a reunião, o secretário Jerônimo Rodrigues ressaltou que o fato de o governador Rui Costa, reunir prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, secretários, em uma reunião de consórcio, em um município pequeno, o que considerou simbólico por mostrar a importância que o Governo vem dando ao interior do estado. “Eles passaram a manhã discutindo o consórcio de Saúde, a implantação da policlínica e consórcio de Infraestrutura, tratando do tema de estradas estaduais e vicinais, abordando também o tema da agricultura familiar, a exemplo da limpeza de aguadas, títulos de terra e ATER”.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.