• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Edital de Mudas e Sementes

Bahia Produtiva

05/09/2017 19:09

Governo do Estado debate com Povos Indígenas edital para a seleção de projetos

Com o objetivo de discutir instrumentos de apoio a projetos produtivos voltados para povos indígenas, no âmbito do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), foi realizada uma oficina, nesta terça-feira (05), no Centro de Formação da SDR, em Salvador, com a participação de representações de Povos Indígenas da Bahia.

O titular da SDR, Jerônimo Rodrigues, ressaltou que essa iniciativa está sendo construída em duas mãos, poder público e representantes dos povos indígenas e que essa é uma determinação do governador Rui Costa, para atender demandas desses povos. “Essa ação está sendo realizada de forma participativa, com a escuta desses povos, e a nossa expectativa é a de compreender a cultura indígena, com projetos de inclusão produtiva e voltados ao meio ambiente”.

Estão entre as ações previstas para o edital a Gestão Sustentável dos Recursos Naturais, Fortalecimento e Promoção de Produtos da Sociobiodiversidade, Práticas Agroecológicas Conservação dos Recursos Naturais e Práticas Agroecológicas e Promoção da Segurança Alimentar e Nutricional.

De acordo com o cacique Gilberto (Giba) Tuxá, do Movimento Indígena da Bahia (Miba), esse edital é resultado de uma luta dos povos indígenas: "Nesse edital os recursos serão divididos por regiões onde existem comunidades indígenas, dando possibilidade a mais associações serem contempladas inscrevendo projetos de acordo com a realidade e necessidade da comunidade. Um grande avanço”.

Para o representante dos caciques, Juvenal Teodoro Payayá, essa ação traz uma série de novidades, a principal delas é que o índio está sendo ouvido, diferente dos que eram publicados antes, quando as comunidades precisavam entender e elaborar um projeto que não foi pensado para a realidade delas e concorrer com entidades mais preparadas, o que dificultava o acesso a algumas políticas públicas: “Esse edital, da forma como está sendo elaborado, só pode trazer benefícios para os povos indígenas, com o acesso a essas políticas, e tenho absoluta convicção que mais comunidades serão atendidas”. Uma maravilha!”

Segundo o coordenador do Bahia Produtiva, Fernando Cabral, o objetivo desse evento é colher subsídios para o próximo ciclo do projeto: “Esse foi um momento de definirmos a forma de acesso dos povos indígenas ao Bahia Produtiva. Saímos com diretrizes sobre o projeto para as comunidades”.

O coordenador do Movimento Unificado dos Povos Indígenas da Bahia (Mupoiba), Kâhu Pataxó, destacou que a discussão foi muito produtiva e gerou uma expectativa de que as comunidades terão acesso ao financiamento para seus projetos produtivos: "Agora é colocar a mão na massa e trabalhar para que cada projeto possa ser o mais exitoso possível, esse é o nosso desafio. E o trabalho que a SDR tem proporcionado, por meio da CAR, para as comunidades, é sem igual".

Para o coordenador dos Povos Indígenas da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Jerry Matalawê, esse edital específico para povos indígenas é uma forte ação: “Por um lado pela sua relevância para os indígenas, que vêm reivindicando uma série de projetos, e esse edital que será lançado pela SDR cria critérios com o próprio público beneficiário e, por outro lado cria uma rede de parceiros capazes de contribuir para que esses projetos possam não só se efetivarem, mas que possam também garantir sua sustentabilidade”.

Dos editais que já foram lançados pelo Bahia Produtiva, socioambientais e de apoio às cadeias produtivas de apicultura, bovinocultura, caprinocultura e aquicultura e pesca, foram inscritos 106 projetos de povos indígenas, sendo aprovados 21, com investimentos na ordem de R$ R$7,5 milhões, beneficiando 462 famílias.

Estiveram presentes também representantes da Fundação Nacional dos Índios (Funai), da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), da Coordenação de Articulação Políticas Públicas/CAR e do Bahia Produtiva/CAR.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.