• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Edital de Mudas e Sementes

Agricultura Familiar

01/09/2017 19:09

Unidade de beneficiamento fortalece produção de mel em Capim Grosso e região

A força produtiva da apicultura no território Bacia do Jacuípe ganhou um reforço nesta sexta-feira (1º). O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), entregou, no município de Capim Grosso, uma Unidade de Produção e Beneficiamento de Mel, instalada na comunidade Mata do Estado. O investimento foi de R$133,6 mil e vai beneficiar diretamente 46 famílias de agricultores.

Segundo dados do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE), o Estado da Bahia ocupa o 1º lugar na produção de mel da região Nordeste. No ranking nacional, a Bahia ocupa o 3º lugar, com uma produção de mais de 4,5 mil toneladas por ano.

O titular da SDR, Jerônimo Rodrigues, participou da inauguração da Unidade e destacou o compromisso do Governo do Estado em garantir que a Bahia continue sendo protagonista na produção de mel: “Crise se enfrenta com trabalho, investimentos e ações concretas. Agendas dessa natureza nos deixam mais fortalecidos, saímos mais estimulados em continuar o trabalho no desenvolvimento rural da Bahia”.

Rodrigues ainda destacou que as entregas, que irão contribuir com a agricultura familiar de Capim Grosso e o Território da Bacia do Jacuípe, são resultado de uma parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a prefeitura, secretaria municipal, sindicatos, associações, cooperativas e todas as pessoas que se preocupam com os agricultores familiares “É bom lembrar que nós não trabalhamos sozinhos”, afirmou o secretário ressaltando a necessidade do cuidado e compromisso com a gestão para fazer o empreendimento progredir, dar certo, e ser referência na região.


De acordo com o presidente da Associação de Pequenos Produtores Rurais de Mata do Estado, Márcio Lima, a unidade de beneficiamento vai influenciar tanto do ponto de vista econômico, trazendo melhoria da qualidade de vida do apicultor, quanto ambiental, mudando a forma de extração e produção. “A partir do momento que eu tenho uma atividade econômica que me dá um retorno, ela possibilita que eu crie raízes no meio rural. E no momento que a apicultura passa a ser uma atividade rentável, então outras pessoas também podem tomar gosto pela atividade. Com essa unidade, o apicultor não pode alegar que não está produzindo com qualidade porque o Estado está disponibilizando condições”, comemorou o presidente da associação.

A Bahia possui atualmente 20.000 apicultores, sendo 99% da agricultura familiar. São destaque em produção de mel os territórios de identidade Semiárido Nordeste II, Extremo Sul, Sisal, Velho Chico e Sertão São do Francisco, que conta com o município de Campo Alegre de Lourdes, o que possui o maior número de apicultores da agricultura familiar do estado.

Tanques-pipa e barracas

Durante o evento também houve a entrega de dois tanques-pipa, um para a comunidade de Sete Porcos e o outro para o Quilombo do Camboeiro. As duas comunidades são beneficiárias do Pró-Semiárido, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).  Já o povoado de Rio do Peixe, recebeu 28 barracas para qualificação da feira livre e dinamização da comercialização dos produtos da agricultura familiar. A comunidade já foi selecionada pelo Bahia Produtiva/CAR, para a implantação de kits de galinha caipira. "Sem essa parceria com o Governo do Estado seria complicado o desenvolvimento da agricultura familiar em Capim Grosso. Estou muito grata com essas entregas, que ajudarão muito os produtores rurais", afirmou a prefeita de Capim Grosso, Lydia Pinheiro.

O secretário municipal de Agricultura de Capim Grosso, Ricardo Souza de Jesus, afirmou destacou que o município está recebendo pela terceira vez a visita de um secretário de Estado, para discutir a agricultura familiar no município e entregar obras de infraestrutura e equipamentos para as comunidades: “Quem ganha é a população de Capim de Grosso e circunvizinha, com um equipamento como essa unidade de mel, moderna, robusta, que atende toda a demanda de regularização no tocante à produção de mel na nossa região”.

Confira a galeria de imagens do evento neste link: http://bit.ly/2gqIeEt
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.