• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Edital de Mudas e Sementes

Agricultura Familiar

31/08/2017 19:08

Iniciativas para o desenvolvimento rural são discutidas em fórum da Procuradoria Geral do Estado

As ações do Governo do Estado para o desenvolvimento rural baiano foram apresentadas nesta quinta-feira (31), na sede Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE), durante o Fórum PGE de Políticas Públicas. O evento reuniu os procuradores recém-contratados pelo Estado.

O objetivo do fórum é promover a integração e o debate sobre as pesquisas e projetos relacionados às políticas públicas desenvolvidas na Administração Pública Estadual nas áreas de planejamento, tributário, saúde, direitos humanos, educação, segurança pública, tecnologia, fomento econômico, trabalho, emprego e renda, produção agrícola, cultura, de igualdade substantiva e infraestrutura.

O secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues, apresentou dados referentes às questões de desenvolvimento rural, destacando que a pasta foi criada para fomentar o potencial produtivo da agricultura familiar, segmento com mais 700 mil propriedades no estado. Ele também informou que “o governador Rui Costa sempre primou pela articulação das políticas públicas, e determina que a gente trabalhe em conjunto, e a PGE é uma instituição preventiva e estratégica para este assunto”.

Segundo Rodrigues, a construção do Plano Plurianual (PPA) do Governo do Estado jamais poderia ser executada sem a segurança e a prevenção jurídica da PGE: “Demarcamos um bom espaço de fortalecimento nessa parceria entre SDR e PGE, pois o nosso objetivo é fazer com que o rural tenha uma nova dinâmica econômica, com preservação ambiental, inclusão socioprodutiva, geração de emprego e renda para agricultores familiares, quilombolas, assentados e assentadas, jovens, mulheres, todos e todas que estão no rural baiano”.

Programas e Projetos
O chefe de gabinete da SDR, Jeandro Ribeiro, também participou do fórum e apresentou algumas iniciativas da secretaria, a exemplo do Bahia Mais forte Terra Legal, que lida com as questões de regularização fundiária, ações de assistência técnica e extensão rural (ATER), os projetos Bahia Produtiva e Pró- Semiárido, ambos focados no desenvolvimento produtivo da agricultura familiar, além da implantação das agroindústrias que agregam valor à produção rural.

“A garantia do direito à terra, o serviço de ATER, toda intervenção de forma estruturada que a gente vem fazendo, contribui de maneira positiva na qualidade de vida do agricultor familiar que passa a ter mais oportunidades e mais renda”, pontuou Ribeiro.

A Procuradora do Estado, Lízea Magnavita Maia, afirmou que o fórum foi uma tarde de aprendizado e conhecimento sobre a importância do trabalho que vem do campo. Segundo ela, “a gente não tem noção o quanto é importante o trabalho do agricultor familiar, para que o alimento que chega em nossa mesa seja consumido com segurança”, disse.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.