• Prêmio de boias práticas 2017
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Banner Recadastramento do Servidor

Desenvolvimento

09/08/2017 17:08

Prestadora de Ater realiza formação de técnicos

Contribuir com a execução da Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) na Bahia. Com esse objetivo a Cooperativa de Assessoria Técnica e Educacional para o Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Cootraf) iniciou, nesta quarta-feira (09), o 2º Seminário de Formação, no município de Feira de Santana.
O evento, que segue até essa sexta-feira (11), foi um momento para dialogar com a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Superintendência de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), e afinar os princípios da parceria com a cooperativa.

O secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues, esteve presente no evento e destacou a importância de estar em uma agenda de formação: “Este é um encontro de grande relevância. É uma agenda estratégica de uma entidade parceira, que se destaca pela qualidade da execução de seus convênios. Sem formação a equipe não vai pra campo com a qualidade que precisamos”.

Para o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias,"é muito importante que essas organizações que fazem assistência técnica possam estar permanentemente formando seus quadros técnicos, fazendo um alinhamento da estratégia de trabalho pra que o nosso público possa ser adequadamente atendido, com linguagem  e metodologia própria".


De acordo com o presidente da Cootraf, Edgar Filho, a formação da equipe técnica é para trocar experiências: “A equipe presente representa 10 mil agricultores familiares em três frentes: assistência técnica, desenvolvimento rural sustentável e acesso à agua. São oito territórios e 52 municípios representados”.

Estiveram presentes a superintendente da Bahiater, Célia Watanabe, jovens oriundos das Escolas Famílias Agrícolas (EFA) e do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), filhos de agricultores e agricultoras familiares, uma equipe de ATER, agrônomos, técnicos agropecuários, biólogos, representantes da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Fetraf) e da União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes).
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.