• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Edital de Mudas e Sementes

Agricultura Familiar

14/07/2017 16:07

IV Festival Sabores de Itacaré destaca agricultura familiar e valoriza a produção rural

Os produtos da agricultura familiar são os protagonistas na composição dos pratos do IV Festival de Sabores de Itacaré, onde as receitas utilizam ingredientes tradicionais da região cacaueira. O evento gastronômico começou nesta quinta-feira (13) e vai até o dia 23 de julho, no município de Itacaré, Território Litoral Sul, com uma programação diversificada envolvendo 15 chefs de cozinhas, uma Cozinha Show, rodas de diálogos sobre alimentação e uma vasta programação cultural com Jazz, Forró, MPB, Pop Rock e outros.

O IV Festival Gastronômico Sabores de Itacaré é uma realização da Prefeitura Municipal de Itacaré, com o apoio do Governo da Bahia por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM). O festival traz como destaque para esta edição a “Gastronomia de Raiz”, numa alusão à força produtiva que vem do rural baiano.

“É uma experiência que une a potencialidade local do turismo com experiências dos agricultores familiares que estão ali comercializando os produtos e sendo valorizados pelos Chefs da alta gastronomia na Bahia. Essas iniciativas valorizam a produção rural deixando elas mais reconhecidas. Por isso que a CAR, em conjunto com a SDR e com a FLEM, apoia esse tipo de evento, pois nós acreditamos que o consumo de cada pessoa pode ajudar a mudar o mundo, ou seja, se ingerimos alimentos saudáveis ganha quem cultivou e mais ainda quem se alimenta”, salientou o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, que participou da abertura do festival.

A presidente da FLEM, Maria Quitéria, visitou o município de Itacaré pela primeira vez, disse que o festival é uma ação estratégica que integração. “O festival integra as belezas naturais e a essência de uma culinária peculiar, que tem ingredientes daqui e que nos remete aos sabores de nossa família, casa, cultura e raízes”, salientou Quitéria.

O prefeito de Itacaré, Antônio Damasceno, conhecido popularmente como Antônio de Anízio, pontuou que “esse evento tradicional tem o propósito não só de atrair os turistas, mas agregar o fortalecimento da agricultura familiar, gerar renda para as pessoas que sobrevivem da produção no campo e, consequentemente, movimentar a economia local”.

Dicas dos Chefs
O Chef de Cozinha Marcos Antônio Oliveira, mais conhecido pelo apelido de Meia-Noite, é natural de Itacaré e deixou o trabalho de guia de turismo para se dedicar à culinária. “Eu sempre guiava os turistas e no final preparava aquela moqueca para eles saírem daqui com o gostinho do dendê baiano”, lembrou.

Meia-Noite foi primeiro a dar aula na Cozinha Show. Ele elaborou um peixe em crosta de pão de Capim Santo e coco de licuri, acompanhado de ratatouille brasileiro, banhado com mel de cacau. Na oportunidade, uma turma de novos assistentes de cozinha, formados pelo Instituto Capim Santo, em parceria com a Associação Cultural Tribo do Porto de Itacaré, foi apresentada ao público. “Eu sempre quis retornar à minha terra e retribuir esse aprendizado que tive aqui”, contou o Chef de Cozinha que trabalha atualmente em São Paulo e dá apoio à entidade local, que tem por objetivo formar novos profissionais de culinária.

Também participaram da Cozinha Show os Chefs Leonardo Roccon, Fabrício Lemos e Lisiane Arouca. “A comida tem que tocar a sua alma, comida simples, porém bem feita!", disse Lemos, referindo-se à agricultura familiar e reforçando que para além de estética, o alimento precisa ter um sabor marcante para quem consome.

Por fim, os shows de Laurent Rivemales (Jazz) e Ronara Criola (MPB) tomaram conta do palco do Festival.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.