• Prêmio de boias práticas 2017
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste

Agricultura Familiar

17/06/2017 16:06

Agricultores familiares de Banzaê terão acesso à mandioca com qualidade genética

Em visita ao município de Banzaê, no Território Semiárido Nordeste II, neste sábado (18), o governador Rui Costa, autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), a realizar convênio, do projeto Reniva, com a União das Associações de Banzaê. Serão beneficiadas 80 famílias de agricultores, com a implantação de um maniveiro de dois hectares, para a produção de manivas-semente de mandioca com qualidade genética e fitossanitária. Os investimentos são na ordem de R$ 57 mil.

O projeto Reniva é uma rede de multiplicação de tecnologia para a produção da mandioca, com qualidade genética e condições sanitárias adequadas. A iniciativa permite que o agricultor familiar tenha acesso a variedades de mandioca melhoradas, livres de vírus e com melhoramento genético feito pela Embrapa Mandioca e Fruticultura, com sede no município de Cruz das Almas.

O titular da SDR, Jerônimo Rodrigues, falou da importância das ações do Governo do Estado para o município de Banzaê, e destacou que o projeto Reniva deverá recompor a cultura da mandioca no município. “O semiárido baiano, enfrenta um ciclo de seis anos de seca, com sérios danos à plantação da agricultura familiar. No caso da mandioca, o agricultor prepara o solo, planta e não consegue produzir por conta da seca. Com isso, vai se perdendo as características genéticas básicas das sementes, fundamentais no processo de produção”.

Segundo Rodrigues, o projeto Reniva vai garantir para os agricultores familiares uma semente, também conhecida como maniva, de qualidade. “A nossa expectativa é que no prazo de um ano, os agricultores tenham acesso a manivas-sementes de qualidade e, assim, iniciar a recomposição da cultura da mandioca na região, tão importante para gerar trabalho e renda no território”.

Em Banzaê, o maniveiro será implantado na comunidade do Povoado Salgado, onde serão produzidas manivas-semente, que irá beneficiar agricultores familiares de 10 comunidades do município.

São famílias como a de Edivaldo Araújo de Santana, do povoado de Palmares, em Banzaê. Produzindo mandioca, milho e feijão, ele vai usar esses recursos para ampliar a produção. "Esse convênio vai nos ajudar muito e poderemos ampliar a produção de todas as famílias que vivem do campo e sofrem com a seca. Esse tipo de convênio reduz muito o sofrimento do povo do semiárido", contou o agricultor.

Recuperação de Rodovias
Ainda em Banzaê, o governador Rui Costa entregou a restauração de 28,4 quilômetros de extensão da Rodovia BR-110, que liga Banzaê à cidade de Campos de Brito, com investimento de R$ 11 milhões. A ação está beneficiando cerca de 150 mil habitantes das cidades de Banzaê, Ribeira do Pombal, Cícero Dantas e Euclides da Cunha.

Também foi autorizada pelo governador a pavimentação em pista dupla da BR-410 até o povoado de Vila Operária, no município de Ribeira do Pombal. A assinatura da Ordem de Serviço vai beneficiar 114 mil habitantes da cidade e de Tucano e Cícero Dantas, com um investimento de R$ 2 milhões, para recuperar pouco menos de dois quilômetros, por onde trafegam 410 veículos todos os dias.

Educação e saúde
Com investimentos de cerca de R$ 80 mil, chegou a Banzaê uma das 178 ambulâncias entregues pelo Governo do Estado para o interior, em 2017. Os moradores do município ainda receberam a Escola Espaço Educativo João Bitencourt Paiva, inaugurada no povoado de Tamboril, a 12 quilômetros da sede. Pronta para atender 360 alunos nos turnos matutino e vespertino, a unidade foi construída com investimentos da ordem de R$ 900 mil, do Ministério da Educação.

Mais melhorias
No povoado de Queimada Grande, foram inaugurados um sistema de abastecimento de água e urbanização de vias, com calçamento de ruas. Em parceria com a Prefeitura, responsável pela execução das obras. O sistema vai levar água de qualidade a 60 famílias da região. Mais saúde chegando nas torneiras dos baianos.

Com informações da Secom
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.